Curso de Consolidação – Capítulo 8

postado em 27/04/2017 - 13:35

Tomando a Palavra como alimento

Nesta lição você vai aprender:

A centralidade da Palavra de Deus na vida do cristão.

O poder da Palavra de Deus.

Como tomar a Palavra como alimento diário.

 

Tudo o que Deus faz Ele o faz por meio de Sua Palavra. Tudo o que existe veio à existência por meio da Palavra de Deus.  Sempre que você tomar a Palavra viva de Deus, alguma coisa não existente vem à existência. Isso é realmente tremendo!

        Nunca diga que você é fraco, pois, quanto mais você disser, mais fraco se tornará. Mas se você tomar a Palavra de Deus e disser eu sou forte segundo a Palavra de Deus! Aleluia!, então você verá o poder se manifestando. Se você estiver com alguma enfermidade, não fique conformado com ela, olhe para a Palavra de Deus que diz: pelas suas pisaduras eu fui sarado! Pela palavra de Deus você pode, então, declarar: sou uma pessoa saudável!

Podemos confiar plenamente na fidelidade de Deus, se Ele falou é certo que se fará, pois Deus não pode mentir (Nm 23.19; Hb 6.18).

 

  1. Deus e a Sua Palavra são ‘um’.

Quando a Palavra sai da boca de Deus e nós a recebemos, estamos recebendo o próprio Deus dentro de nós.

Se Deus e a Sua palavra são um, então eu devo conhecer a Deus conhecendo a Sua Palavra. Amar a Deus é amar a Sua Palavra, crer em Deus é crer em Sua Palavra, conhecer a Deus é conhecer a sua Palavra. Em João 14.21 lemos:

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama, e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele… Se alguém me ama, guardará as minhas palavras…

Nunca se esqueça de que Deus e a Sua Palavra são inseparáveis. Quem ama a Deus ama também a Sua palavra.

Se Deus e a Sua Palavra são um, então, eu me encho de Deus à medida que me encho da Sua Palavra. Em Efésios 5.18,19 encontramos a ordem bíblica:

    E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito falando entre vós…

Aqui encontramos a forma de sermos cheios do Espírito: falando. A maneira bíblica de eu ser cheio de Deus é falando. Mas não é um falar qualquer, é um falar espiritual. Podemos dizer que é falar a Palavra de Deus.

 

  1. A Palavra gera Fé. 

E assim a fé vem pelo ouvir e o ouvir pela Palavra de Cristo. (Rm 10.17 – tradução revista e corrigida)

Não precisamos pedir fé a Deus, precisamos apenas ouvir a Sua palavra e praticá-la e a fé, naturalmente, se manifestará.

Fé é simplesmente pôr em prática a Palavra de Deus. É agir à altura da Palavra de Deus. Crer na palavra é praticá-la. Com isso, não me refiro propriamente a praticar os mandamentos, mas a agir de acordo com o que a Palavra de Deus diz.

Por exemplo, se a Palavra diz que eu estou assentado com Cristo nos lugares celestiais acima de todo principado e poder, então é nessa posição que eu me vejo e entro nessa realidade. Isso é praticar a Palavra. Se um demônio aparecer na minha frente, baseado nesse fato eu direi: eu estou acima de você, pois estou com Cristo assentado nos lugares celestiais.

Não importa qual seja o problema, a Palavra de Deus tem algo a dizer a respeito. Descubra o que a Palavra diz e aja à altura.

 

  1. A Palavra gera vida.

    No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. (Jo 1.1-4)

A palavra de Deus é vida no nosso espírito. Em João 6.63 Jesus disse que as suas palavras são espírito e vida.

Nós fomos gerados por Deus em nosso espírito pela Palavra de Deus.  Tiago 1.18 diz :

    Pois, segundo o seu querer, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas.

Nós fomos gerados pela palavra da verdade.

O novo nascimento aconteceu por meio da Palavra. Lucas 8.11 diz que a semente é a palavra. Cada semente gera de acordo com a sua espécie. Semente de goiaba gera goiaba, semente de gato gera gato e a semente de Deus gera filhos de Deus.

Pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente. (1Pe 1.23)

Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus. (1Jo 3.9)

O motivo pelo qual já não podemos viver na prática do pecado é que dentro de nós permanece a semente de Deus. A semente de Deus é a sua Palavra.

 

  1. A Palavra é Arma.

Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus… (Ef 6.17)

Tinha na mão direita sete estrelas, e da boca saía-lhe uma afiada espada de dois gumes. O seu rosto brilhava como o sol na sua força. (Ap 1.16)

Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome. Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.

Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.

Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra.

Replicou-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.

Novamente, o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles; e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares.

Então ordenou-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram. (Mt 4.1-11)

Eles pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram e, mesmo em face da morte, não amaram a própria vida. (Ap 12.11)

Você está numa guerra espiritual. A sua arma é a palavra de Deus. A Palavra é uma arma que não funciona na mão, funciona apenas na boca.

Jesus nos deu o exemplo em Mateus capítulo 4, de como se deve usar a Palavra de Deus contra o Diabo. Jesus estivera no deserto por quarenta dias jejuando e, ao final, Satanás veio para tentá‑lo. E o que fez Jesus? Ele disse: Está escrito. Ele apenas falou a Palavra de Deus. Devemos atacar o inimigo com a mesma arma que Jesus usou: a Palavra de Deus. Jesus sabia do poder da Palavra em sua boca tanto para atacar como para defender.

Em Apocalipse 12.11, lemos:

    Eles o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da Palavra do Testemunho que deram.

A sua própria força é insuficiente para derrotar o diabo, você precisa do poder da Palavra de Deus.

Lembre‑se de que a Palavra de Deus é a verdade. A verdade não é o que você vê, nem o que você sente, a verdade é o que a Palavra de Deus diz. Ainda que você não veja, nem sinta, ainda assim, confesse a Palavra de todo o seu coração. A confissão vai gerar fé em você e esta,  por sua vez, vai produzir a realidade e a experiência daquilo que a Palavra de Deus diz.

Confesse aquilo que Deus diz que Ele é, que Deus diz que faz, que Deus diz que tem, aquilo que Deus diz que você é, que você faz, e que você tem. Brevemente você colherá resultados tremendos.

 

  1. A Palavra é Alimento.

Porque não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus. (Mt 4.4)

Quando um bebê nasce, a sua necessidade mais imediata é tomar leite para se alimentar. Sem alimento, a criança nova não somente deixará de ter um crescimento normal, mas logo ficará  fraca e, eventualmente, poderá até morrer. Depois que somos salvos e nascidos de novo, a nossa necessidade mais imediata é de aprendemos a comer do Senhor como nosso leite e alimento espiritual. Sem esse alimento espiritual nós também não temos o crescimento normal e em pouco tempo estaremos espiritualmente mortos.

Em 1 Pedro 2.2,3, nós lemos:

Desejai ardentemente, como crianças recém‑nas­cidas, o genuíno leite espiritual, para que por ele vos seja dado crescimento para a salvação, se é que já provastes que o Se­nhor é bom.

Esses versículos dizem claramente como experimentar o Senhor: bebendo o leite genuíno (puro) da Palavra. Se você quiser experimentar a Cristo, tem de beber o leite da Palavra. Assim, você  estará nutrido para o crescimento espiritual. O modo pelo qual o Se­nhor o alimenta é por Sua Palavra. Se você deseja se deleitar no Senhor e ser alimentado por Ele, você precisa vir à Palavra para provar do Senhor.

Você não deve ir à Bíblia somente para aprender e entender. 2 Coríntios 3.6 diz que a letra mata. Portanto, nunca pegue a Palavra como um livro de letras, mas sim como um livro de vida.

Sempre que ler a Bíblia, você deve apropriar-se de alguma coisa de Deus para dentro de si, assim como você faz ao comer sua co­mida. Igual à comida, essa substância será absorvida dentro do seu ser. 1Timóteo 4.6 diz que somos alimentados com as palavras de fé. A Palavra de Deus é comida para alimentar os filhos de Deus.

Achadas as tuas palavras, logo as comi. (Jr 15.16) Comer alguma coisa não é meramente recebê‑la, mas absorvê‑la. Absorver é receber alguma coisa dentro de você, digerir e fazer disto parte de você mesmo.

As tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração. (Jr 15.16b) A Palavra, depois de ter sido comida vem a ser gozo e também alegria. Davi disse: Quão doces são as tuas palavras ao meu paladar! Mais que o mel à minha boca. (Sl 119.103) A Palavra na verdade é uma satisfação: é ela até mais doce e mais agradável do que o mel para o nosso paladar.

Toda palavra que procede da boca de Deus é comida espiritual para nos alimentar. Esta é a comida pela qual você deve viver. Jesus disse que não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. (Mt 4.4)

Jesus disse, em João 6.63, que as Suas palavras são espírito e vida. Nós sabemos que Deus é Espírito. (Jo 4.24) Então, a essência da Palavra de Deus é Espírito. A natureza deste livro é a essência do próprio Deus. Toda vez que você lida com este livro, deve saber que es­tá tocando o próprio Deus.

 

  1. A Palavra nos transforma.

Tiago 1.21 diz que a Palavra de Deus em nós implantada é poderosa para salvar as nossas almas. A salvação no nível do espírito já aconteceu, é o que chamamos de novo nascimento. Mas a salvação em nível de alma é um processo que chamamos de transformação. Essa transformação acontece pela Palavra que é semeada em nós.

Jesus disse em Marcos 4.26-29 que o reino de Deus é como se um homem lançasse a semente na terra. A semente é a palavra e a terra é o coração. Esse homem dorme e se levanta, noite e dia, até que, sem saber ele como, e sem nenhum esforço, a semente germina e cresce. Assim acontece conosco: precisamos apenas semear a semente no coração e ela por si só vai germinar em nossas vidas, nos transformando.

Romanos 12.2 diz que devemos ser transformados pela renovação da nossa mente. E, como podemos renovar a nossa mente? Através da Palavra de Deus. Precisamos comer a palavra até que a nossa mente seja renovada. Os velhos padrões de pensamento e opinião devem ser agora conformados, ou seja, colocados na forma da Palavra.

O seu espírito foi regenerado, agora a sua alma está sendo transformada pela Palavra de Deus. A sua vida só será transformada pela Palavra de Deus e pelo Espírito Santo.

 

  1. Troque as suas palavras pela Palavra de Deus.

Porque a Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração. (Hb 4.12)

A Palavra de Deus é digna de confiança, ela é íntegra. Tudo pode passar, mas ela há de permanecer para sempre. A Palavra de Deus não é um mero livro. Atrás de suas palavras, escritas com tinta e papel, está uma pessoa, Deus mesmo. Não pense nela, portanto, em termos de tinta e papel. Pense em Deus e no que Ele falou. A Palavra é a expressão dEle mesmo.

Temos a tendência, muitas vezes, de analisar as circunstâncias, e as nossas próprias experiências, e deixar de lado aquilo que Deus diz.

Veja alguns exemplos:

A Palavra diz: Pelas Suas pisaduras fostes sarados. (Is 53.5)

O Crente diz: Estou doente.

A Palavra diz: Em todas estas coisas somos mais do que vencedores. (Rm 8.37)

O Crente diz: Sou um fracasso.

A Palavra diz: Tudo posso naquele que me fortalece. (Fp 4.17)

O Crente diz: Estou tão fraquinho, um miserável pecador. Estou sempre caindo.

 

Pode notar a diferença? Você olha para a Palavra de Deus superficialmente, como se ela estivesse falando de outra pessoa, e não a toma por verdadeira. Você não se vê pelos olhos da Palavra, mas pelas suas quedas; então, abre a boca para dizer o que não está em harmonia com o que Deus falou. E, o que é pior, você fala o que Satanás gostaria de ver na sua vida. Mas saiba que Deus é verdadeiro. Sentimentos podem esmagar, Satanás pode tentar fechar seus olhos, mas Deus é fiel. Ouse abrir a boca e dizer “amém” a tudo quanto Deus disse.

A Palavra de Deus é Ele mesmo falando. Ela é viva. Não é uma coisa abstrata. Jesus declarou: As palavras que eu vos tenho dito, são espírito e vida. (Jo 6.63) A Palavra é viva e gera vida; traz vida ao espírito, à alma e ao corpo. Ela é o poder de vida, a semente da vida, a própria vida. Aí está a razão por que, quando alguém crê em Jesus, abre a boca e Lhe confessa, como Senhor, essa pessoa nasce de novo. É a Palavra gerando a vida.

A Palavra de Deus é viva e eficaz, perfeita, eficiente, poderosa, capaz. Ela transforma a natureza, transforma qualquer situação, muda qualquer circunstância.

    Porque para Deus nada, jamais é impossível, e nenhuma palavra de Deus pode ser destituída de poder ou impossível de ser cumprida. (Lc 1.37 – Amp.)

Ora, essa Palavra bendita é a base da nossa fé. Nossos pensamentos e nossos sentimentos nunca vão servir de base para a fé. A infalível  Palavra de Deus é a base para a nossa fé. Se quisermos conhecer a Deus, teremos que conhecer Sua Palavra, pois ela expressa o que Ele é. Se quisermos conhecer a vontade de Deus, teremos que conhecer Sua Palavra, pois Ela revela Seus propósitos para nossa vida. Deus tem falado de várias maneiras, mas o modo primário pelo qual Deus fala é através da Sua Palavra escrita.

Enquanto você andar no terreno da Palavra de Deus, terá sucesso. Mas na hora em que sair da Palavra, já terá entrado em terreno escorregadio, e estará fadado a fracassar. Confie, portanto, na integridade da Palavra de Deus e deixe que ela seja sua plataforma de vida. Firme-se sobre ela e recuse-se a sair dela. Discipline sua mente e permita que dos seus lábios brotem apenas palavras em linha com aquilo que Deus falou.

Faça hoje mesmo um propósito de mudar radicalmente as suas palavras. Faça a seguinte confissão em voz alta:

     Nunca mais direi eu não posso, pois tudo posso naquele que me fortalece. (Fp 4.13)

     Nunca mais direi não tenho o suficiente, pois o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir em Cristo Jesus, cada uma de minhas necessidades. (Fp 4.19)

     Nunca mais direi que sou fraco, porque o Senhor é a fortaleza da minha vida, (Sl 27.1) e o povo que conhece ao seu Deus se tornará forte e ativo. (Dn 11.32)

     Nunca mais direi que tenho medo, porque Deus não nos tem dado espírito de temor mas de poder, de amor e de uma mente sã. (2Tm 1.7)

     Nunca mais direi que Satanás tem supremacia na minha vida, porque maior é Deus que está em mim do que Satanás que está no mundo. (1Jo 4.4)

     Nunca mais direi que estou derrotado, porque Deus, em Cristo, sempre me conduz em triunfo. (2Co 2.14)

     Nunca mais direi que não tenho sabedoria, pois Cristo Jesus…se tornou da parte de Deus (minha) sabedoria. (1Co 1.30)

     Nunca mais direi que estou doente pois pelas Suas pisaduras fui sarado (Is 53.5), e Jesus mesmo tomou as minhas enfermidades e carregou com as minhas doenças. (Mt 8.17)

     Nunca mais direi que estou preocupado e frustrado, pois lanço sobre ele toda minha ansiedade, porque ele tem cuidado de mim. (1Pe 5.7)

     Nunca mais direi que estou preso, pois onde  está o espírito  do Senhor aí há liberdade (2Co 3.17)

  • Nunca mais direi que estou condenado, pois já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Portanto, estou livre de condenação. (Rm 8.1)

Veja Também

Festa Junina, meu filho pode participar?

Artigos

O Campeonato PIB Imperial de Futebol 2017 vem aí, faça sua inscrição

Notícias

ENQUETE: Atualmente, qual é a maior dificuldade que você enfrenta para se relacionar com Jesus? O que te impede de avançar?

Notícias

Curso de Consolidação – Capítulo 12

Artigos

FAÇA SEU COMENTÁRIO