Curso de Consolidação – Capítulo 6

postado em 6/04/2017 - 13:44

Aprenda a orar

Nesta lição você vai aprender:

Como fazer a oração que Jesus ensinou a seus discípulos.

Os elementos de uma oração eficaz.

Dicas práticas de como orar.

 

As promessas sobre oração estão entre as mais sensacionais de toda a Bíblia. Jesus disse:

Se permanecerdes em mim, e as  minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito. (Jo 15.7)

 Você consegue imaginar algo assim? Poder pedir o que quiser? É o mesmo que ter um cheque em branco assinado pelo próprio Deus. Aprender a orar, portanto, é uma das coisas mais importantes na vida cristã.

Certa vez, Jesus ensinou os seus discípulos a orar. Essa oração ficou conhecida como a oração do “Pai nosso”. Muitas pessoas a repetem todos os dias, de forma mecânica e religiosa, sem nem mesmo saberem o que estão dizendo. Todavia, não era isso que o Senhor tinha em mente. Essa oração é um roteiro de como deve ser conduzido o nosso tempo com Deus diariamente. É um modelo ou padrão a ser seguido em nossas orações. Use a oração do “Pai nosso” como roteiro de suas orações diárias observando os seguintes pontos:

 

  1. Comunhão – Pai nosso que estás no céu.

Um judeu não podia chamar a Deus de Pai, mas você, pela fé em Cristo, foi feito filho de Deus e pode entrar com ousadia na presença dEle chamando-O de Pai. Para o mundo, Ele pode ser o Senhor Deus, mas para você Ele é o seu Pai.

Paulo diz que devemos até chamá-lo de paizinho ou papaizinho numa intimidade profunda com Deus:

Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai. (Rm 8.15)

 

Aba Pai significa paizinho.

 

  1. Louvor e adoração – Santificado seja o Teu nome.

Santificar é separar, é colocar o nome de Deus acima de todo o nome. Mas qual é o nome de Deus?

No Velho Testamento Ele se revelou a Moisés como o Eu Sou. É como se ele dissesse: Eu sou tudo aquilo de que você necessita. Essa expressão no Hebraico é Jeová (A pronúncia correta é desconhecida e alguns dizem Javé e outros Yaweh).

Existem sete nomes redentivos de Deus no Velho Testamento. Quando você orar, santifique um desses nomes a cada dia, de acordo com a sua necessidade. Por exemplo, se você está enfermo, santifique o nome Jeová Rafá que significa O Senhor é nossa cura.

Na Bíblia, o nome é a realidade da pessoa e sabemos que Deus não pode negar o seu nome. Por isso, a nossa fé é no nome do Senhor. Santifique-o honrando, exaltando e confessando bem alto, e você será abençoado. Não diga o nome de Deus em vão e nem aceite brincadeiras com o nome dEle.

Quando o Senhor diz: “Eu Sou” está abrangendo todos esses significados e muito mais.

 

  1. Clamor – Venha o Teu reino.

Você precisa pedir para que o reino venha. O reino ou o governo de Deus precisa se manifestar em sua vida pessoal, em sua família, em sua igreja e em sua nação.

Sabemos que depois da queda do diabo, a terra caiu debaixo da mão usurpadora dele. O homem foi criado para tomar de volta a terra, mas ele caiu e a terra foi então legalmente colocada debaixo do domínio maligno.

Então, Jesus veio. Ele veio para estabelecer o Seu reino na terra. O Seu reino hoje está restrito dentro de nós, na Igreja, mas vem a hora em que Ele reinará sobre toda a terra.

 

  1. Intercessão – Faça a Tua vontade.

Ser discípulo é seguir a vontade do mestre. Estar no reino é se submeter à vontade do Rei soberano. Muitos crentes ainda governam as suas próprias vidas e fazem tudo de acordo com o seu próprio pensamento.

Você precisa orar todos os dias para conhecer e fazer a vontade de Deus em todas as áreas de sua vida. Peça para que essa vontade seja feita.

 

  1. Petição – Dá-nos o pão de cada dia.

O pão aqui pode significar tanto o suprimento material como o espiritual. Sabemos que o Senhor não deseja que nos preocupemos com o dia de amanhã, por isso Ele orienta para que peçamos o pão a cada dia.

Entenda que Deus se preocupa com o seu suprimento. Não existe nada tão grande que Deus não possa fazer, mas também não existe nada tão pequeno para nós que não seja também importante para Ele.

 

  1. Confissão – Perdoa-nos como nós perdoamos.

A única barreira que o Senhor colocou para as suas orações é guardar-se do rancor e do ressentimento. Se você não perdoar aos outros, também não será perdoado.

Esse é um ponto muito importante, porque, se você se recusar a perdoar a sua oração será imediatamente bloqueada e você não poderá manter comunhão com Deus. Ele se recusará a ouvi-lo até que você resolva a questão. Por isso, tenha o perdão como estilo de vida. Perdoe diariamente.

Sendo todos nós pecadores, você não tem o direito de cobrar perfeição de quem quer que seja. Assim, o nosso perdão é simplesmente esquecer o erro do outro.

 

  1. Proteção – Não nos deixe cair quando tentados.

Jesus foi tentado e testado e você o será da mesma forma. Os testes virão, por isso prepare-se para eles. A maneira como você deve se preparar é pedindo a Deus que o livre da tentação e da queda.

Reconheça que você está sentindo desejos e tentações dentro de você. Seja humilde e reconheça que você não pode vencer pela sua própria força. Peça, então, o socorro ao Espírito Santo e você experimentará vitória diariamente. A experiência mostra que a melhor maneira de pedirmos socorro é em voz alta, talvez até mesmo gritando. Experimente fazer isso e veja o poder de Deus.

 

  1. Guerra espiritual – Livra-nos do mal.

Você precisa entender que está inserido numa guerra espiritual. Por um lado, o diabo é o sedutor e tentador e, por isso, você orou para não cair quando tentado. Mas, por outro, saiba que o inimigo é o destruidor e ele tentará de todas as formas destruir seu conforto, sua alegria, sua vida, sua família e tudo o mais. Ore todos dias pela proteção de Deus.

 

  1. Entrega – Teu é o reino, o poder e a glória.

Reino, poder e glória são tudo o que o homem anda buscando. Eles são a expressão do nosso ego. Nosso ego quer ser deus e, por isso, precisamos entregar tudo a Deus.

O que é reino? O reino nos fala de bens, riqueza, respeito e reconhecimento. Todo homem procura essas coisas e até mesmo fica ofendido quando não alcança esse objetivo. Todos queremos construir um reinozinho pessoal, pensando com isso encontrar a realização. Entregue seu reino para Deus.

O que é poder ? É aquele desejo íntimo de mandar, de ter a primazia. Muitas vezes gostamos de poder dizer: Vá e diga ao fulano que fui eu quem lhe mandou. Isso é realização. É ser conhecido na praça. O poder também nos fala de dons e capacidades. Eu posso fazer certas coisas que os outros não podem. Ou posso fazer coisas melhores que os outros. Isso me faz sentir feliz e realizado. Entregue todas as suas habilidades e posições para Deus.

Por fim, o Senhor entregou a glória. Aqui está um ponto realmente crucial para o ego: o elogio, a glória, a fama. A vida de cruz consiste em  se abrir mão do reino, do poder e da glória.

Por que dizemos que a força, a glória, a sabedoria, o poder e a majestade pertencem a Deus? Porque todos nós, inconscientemente, estamos buscando estas coisas. Você precisa declarar, dia após dia, que elas pertencem a Deus.

Esta é a parte de louvor e adoração dentro do modelo da oração do “Pai nosso”. É a adoração genuína que trata definitivamente com o ego e a independência do homem.

 

  1. Dicas práticas

     Ore em nome de Jesus:

Até agora nada tendes pedido em meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa. (Jo 16.24)

 

     Não permita pecado conhecido não confessado quando for orar.

Se eu no coração contemplara a vaidade, o Senhor não me teria ouvido.  (Sl 66.18)

 

     Ore sempre com fé.

E tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis. (Mt 21.22)

 

     Ore de acordo com a Palavra de Deus.

 

E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito. (1Jo 5.14-15)

 

     Você está vindo diante do Rei. Traga grandes petições, pois a sua graça e o Seu poder são tais que ninguém poderá nunca pedir demais.

 

     Você pode orar sozinho, mas a oração em concordância com outro irmão é muito poderosa.

 

Em verdade também vos digo que, se dois dentre vós, sobre a terra, concordarem a respeito de qualquer coisa que, porventura, pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai, que está nos céus. (Mt 18.19)

 

     Ore continuamente.

Orai sem cessar. (1Ts 5.17)

 

     Não faça rezas, faça orações. Rezas são repetições vãs diante de Deus. Oração é algo espontâneo vindo coração.

E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos. (Mt 6.7)

 

     Ore a Palavra. Use a Bíblia como se fosse um livro de orações para Deus. Mas lembre-se de não usar de vãs repetições.

 

     Se você já recebeu o batismo no Espírito Santo, ore em línguas. Se você ainda não recebeu, procure o irmão designado para ser o seu Anjo da Guarda e peça a ele que ore por você.

 

     Experimente orar ouvindo uma música inspirada. Isso vai intensificar o seu tempo com Deus. (Experimente ouvir o CD da Videira).

 

     Jejum é oração intensificada. Experimente jejuar por um dia inteiro.

 

     Se estiver sonolento, experimente orar andando ou ajoelhado.

 

  Ore em voz alta. Não é o volume de voz que Deus ouve, mas,  quando oramos em voz alta, nos concentramos melhor.

 

  • Invoque o nome de Jesus. Fale alto o nome dEle clamando de coração. Você tocará coisas profundas de Deus.

Veja Também

Festa Junina, meu filho pode participar?

Artigos

O Campeonato PIB Imperial de Futebol 2017 vem aí, faça sua inscrição

Notícias

ENQUETE: Atualmente, qual é a maior dificuldade que você enfrenta para se relacionar com Jesus? O que te impede de avançar?

Notícias

Curso de Consolidação – Capítulo 12

Artigos

FAÇA SEU COMENTÁRIO